fbpx

Pilates: condicionamento físico e mental

O Pilates – método que faz a conexão harmoniosa entre mente e corpo – foi criado pelo alemão Joseph Pilates, que estudou anatomia em um livro que ganhou de presente e memorizou cada músculo do corpo e sua função. Joseph foi enfermeiro na Primeira Guerra Mundial, e nessa época começou a desenvolver seu método, que a princípio batizou de “contrologia”.

Pilates criou um equipamento que deu origem ao Reformer (que ainda é um dos principais aparelhos usados nos estúdios), e nele exercitava os soldados acamados. Seu maior legado está nos exercícios clássicos praticados até hoje por seus alunos e seguidores.

Os exercícios do Pilates focam o controle da respiração, a ativação do core (o centro de força do corpo humano), estabilização da coluna, simetria corporal (alinhamento), flexibilidade, mobilidade articular e trabalham integrando consciência corporal e amplitude de movimento.

BAIXO IMPACTO, ALTA EFICIÊNCIA

Os exercícios, apesar de serem de baixo impacto e com poucas repetições, são muito eficientes. A grande maioria das pessoas pode praticar sem contraindicações: desde atletas que procuram melhorar a performance até indivíduos sedentários que ainda não iniciaram a prática de atividades físicas e às vezes acabam sentindo dores (por exemplo, nas costas) devido à má postura. E o interessante é que o Pilates é uma atividade que ainda trata e combate o estresse.

Antes de iniciar a atividade, o ideal é o aluno procurar um profissional capacitado e fazer uma avaliação para saber em qual nível se encontra. A prática pode ser de duas a três vezes por semana, para um resultado mais efetivo.

Flow Pilates

Une passos e exercícios de dança utilizando um “carrinho” para fazer os movimentos. Essa é uma aula leve, divertida e fluida.

Barrel Training

Utiliza a “meia-lua” adaptada para realizar os exercícios clássicos do estúdio em uma aula de solo.

Refit Pilates

Uma adaptação do “Reformer”. Nessa variação, há uma vasta gama de exercícios que podem ser realizados em uma única aula.

O mais legal de todas essas aulas é que você pode desfrutá-las na grade normal que a academia oferece; ao contrário do Pilates de estúdio, que normalmente é um serviço terceirizado. Mas como eu sempre digo, não importa qual esporte você escolha, o importante é não ficar parado! Procure uma atividade que o agrade e siga firme, sem preguiça!

Postado 25 de Julho de 2019
Por Bea Meinhardt

Posts Relacionados

Yoga

Lifestyle|

A yoga é uma atividade milenar, baseada na respiração (pránáyámas) e em alguns movimentos e posições (ásanas). Algumas técnicas exigem mais esforço físico; outras têm foco no lado espiritual; e outras requerem a utilização de acessórios. Apresentamos aqui algumas.

Pilates: condicionamento físico e mental

Lifestyle|

Antes de iniciar a atividade, o ideal é o aluno procurar um profissional capacitado e fazer uma avaliação para saber em qual nível se encontra. A prática pode ser de duas a três vezes por semana, para um resultado mais efetivo.

2019-07-15T15:43:26-03:00