fbpx

Em entrevista exclusiva, Rael fala sobre novos projetos para 2019

Rapper também falou sobre ”Rael Convida” e ”Rael canta Vinicius de Moraes”

Nascido em 1983, em São Paulo, capital, Israel Feliciano, mais conhecido como Rael ou Rael da Rima, tem se destacado no rap até hoje.

Na estrada há mais de 20 anos, Rael fez parte do grupo de rap Pentágono por 15 anos, lançando hits como ”É o moio”, ”Lembranças” e ”O que?”. Em 2010, ainda no grupo, Rael lançou o primeiro disco solo, intitulado ”MP3 – Música Popular do Terceiro Mundo” que possibilitou ao rapper uma turnê internacional, onde rodou o Canadá. Em 2012, o rapper decidiu continuar por outros caminhos e anunciou sua saída do quinteto. A discografia não parou de crescer desde então. Em 2013, Rael lançou o primeiro disco pelo selo Laboratório Fantasma que também agrega artistas como Emicida e Kamau, o ”Ainda bem que eu segui as batidas do meu coração”. Atualmente, Rael segue com o show ”Rael canta Vinicius de Moraes” que tem rodado todo o Brasil.

Recentemente, o rapper concedeu uma entrevista exclusiva para o Portal Woods, onde comentou sobre o projeto ”Rael Convida” e sobre os planos para o ano de 2019, confira!

Como você está vendo a cena do rap nacional nos dias atuais aqui no Brasil?

Acho que vem em uma crescente. Eu acho que antigamente não rolava essa parada. Eu vejo que tá rolando uma cena todo final de semana, vários MCs estão fazendo shows em algum lugar do Brasil, alguns no exterior, então eu acho que vem em uma crescente. Mas se você equipara ao sertanejo ou outro gênero, você vê que ainda não [está igual] nessa questão mercadológica.

 Você tem curtido alguém da galera de agora?

De agora o Rincon [Sapiência], o Baco Exu do Blues. Eu ouço muito coisa. Na verdade, toda hora aparece algum som, algum lançamento e hoje em dia a gente tem muito acesso, muita informação.

Qual é a importância do rap na sua vida?

Rael: O rap foi a porta de entrada pro que eu sou, pra minha carreira, pra trabalhar com isso, pra viver disso. O rap não fica te questionando, ele te aceita do jeito que você é. Eu quis fazer parte desse movimento que me acolheu. Eu comecei dançando, depois comecei a fazer show e hoje eu estou aqui e isso é uma construção dentro de um gênero urbano e roots.

E de onde vem essa vibe boa? Muita gente considera o seu rap é um pouco mais leve, passa mais tranquilidade pra quem ouve e a gente quer saber de onde isso vem?

Acho que vem da necessidade de não ter isso. A gente tenta transformar a música nessa vibe. Então, eu acho que tá precisando, tá tudo muito frenético, tudo muito agitado e o negócio é desacelerar.

 Você também tem o projeto ”Rael Convida”. Como surgiu essa ideia?

O projeto começou de uma ideia de quando eu começava a tocar violão, já toquei com os meninos da banda, já toquei em bar, sempre tinha algum parceiro que rimava, enfim. Uma vez eu estava em Curitiba e na hora do show chegou o juizado [de menores], a polícia e a vigilância sanitária e fecharam o local onde eu ia me apresentar, aí eu peguei o violão e fui tocar na Praça do Gaúcho [uma das praças de skate mais conhecidas de Curitiba] e esse ia ser meu primeiro show solo. E a ideia é dessa coisa do rap com violão, cantado e o ”Rael Convida” tem muito disso. É uma coisa simplória: violão, voz e um convidado. Os convidados são pessoas que a gente tem afinidade musical, um momento em que a gente se encontra e rola uma sintonia, são essas as pessoas que participam do ‘’Rael Convida”.

Quais são seus planos para 2019?

A gente sempre tá trabalhando com vários projetos. Eu estou rodando com uma turnê nova que é a ”Rael cantando Vinicius de Moraes” e eu estou em estúdio agora, estou produzindo um novo trabalho. Logo menos sai alguma coisa, eu tô focado nisso, em estúdio, porque tem outro projeto com nome ainda indefinido, como vai ser, formato e tudo mais. Era um trabalho que o Miranda iria fazer, aí eu tentei achar outras pessoas, mas não rolou e agora sou eu quem está produzindo e por isso atrasou um pouco. Mas estamos chegando lá e tudo no seu tempo.

Postado 11 de Abril de 2019
Por Lola Dias

Posts Relacionados

2019-03-13T15:01:01+00:00