fbpx

Em entrevista exclusiva, Vitão fala sobre possível lançamento de álbum ainda em setembro e desejo de gravar com Djavan

Cantor gravou recentemente com Anitta a faixa ‘‘Complicado’’

Com apenas 20 anos de idade e um cabelo de dar inveja a qualquer um, o paulista Victor Carvalho Ferreira, conhecido atualmente como Vitão, tem conquistado corações e ouvidos por todo Brasil. O cantor, que surgiu na internet, lançou recentemente seu primeiro EP intitulado ‘‘Vitão’’. O trabalho carrega cinco faixas que contam um pouco da ainda curta vida do artista que foca no amor como tema principal. Além disso, na faixa ‘‘Embrasa’’, Vitão traz a participação do cantor carioca Luccas Carlos. 

Cada vez mais querido pelo público que o acompanha e que tem o conhecido, Vitão tem dado passos cada vez maiores. Recentemente o cantor gravou a faixa intitulada ‘‘Complicado’’, com direito a clipe, em parceria com Anitta, a maior cantora pop do Brasil na atualidade, mas ainda não há data de lançamento confirmada.

Para o Portal Woods, Vitão concedeu uma entrevista exclusiva contando sobre a parceria com Mc Davi, o desejo de gravar com Djavan e muito mais. Confira!

 Vamos falar de ‘‘Edredom’’, que é seu último single lançado, em parceria com Mc Davi. Como surgiu essa parceria?

O Davi sempre foi um cara do funk que eu admirei, porque ele foi um dos caras que conseguiu fazer a parada daquele funk tradicional que a gente conhece, mas com uma parada mais cantada e migrar para um R&B (Rhythm & Blues) e migrar para outras coisas dentro do funk, então ele sempre foi um cara que eu admirei muito nesse sentido. E também, ele escreve muito bem, escreve para outros artistas que eu nem sabia, fiquei sabendo que eu conheci ele. A ‘‘Edredom’’, como é uma música meio funkeada, com um beat (batida) meio de funk, eu comecei a escrever ela no estúdio e aí a gente foi pensar em um feat [participação], na hora já me veio ele [na cabeça] e aí rolou. Ele curtiu para caramba a música e acabou rolando.

E de onde veio a inspiração para compor ‘‘Edredom’’?

Cara, foi num dia em que eu estava ficando com a minha atual namorada (agora ex) e foi um dia que a gente teve uma treta (briga) e terminou. Fui embora da casa dela, fui direto para o estúdio e saiu isso (risos). 

Além do Mc Davi, você também tem parceria com o Projota, com a Day e mais alguns artistas que estão em alta, mas com quem você gostaria de fazer uma parceria que ainda não fez e que seria um sonho para você?

Cara, um sonho? O Djavan! É o que eu sempre comento, é ele [sobre quem] eu falo para todo mundo. Eu me inspiro em muita gente atual, claro, até em amigos meus, mas acho que o Djavan é um dos caras que fez muito pela música brasileira, ele é um cara que não tem nem o que dizer sobre o quão grandioso é o que ele fez pela música brasileira. Ele é um cara em que eu me espelho muito no modo de escrever, no modo de cantar, nas melodias, nas harmonias, então o Djavan seria o ápice para mim.

O pop brasileiro tem vindo nessa onda que você vem fazendo muito, que é misturar vários ritmos e tem nomes novos que já estão fazendo o barulho que você também vem fazendo, como a Day, a Carol Biazin e o próprio Luccas Carlos. Como você vê essa cena tomando uma proporção que antes estava muito focada em outros estilos?

Eu acho que a música brasileira passa por ciclos, né? A música em geral, na verdade. O sertanejo ainda é bem forte no Brasil [por exemplo], mas eu acho que tem esse momento de ter que ter espaço para outras coisas serem grandes também. Eu acho que agora é esse nosso momento, da galera da música urbana, da galera do Rap, da galera do R&B, da galera do Soul e é essa mistura toda que acaba saindo [como a nova música pop brasileira], como eu, a Day, o Luccas Carlos, o [Mc] Davi, enfim, toda essa galera aí.

Recentemente você lançou seu EP, intitulado ‘‘Vitão’’, que tem o sucesso ‘‘Café’’. Mas já tem alguma coisa a caminho, como um álbum, por exemplo? Quais são seus próximos passos? 

Então, meu disco é para sair ainda em setembro, estamos na reta final [desse processo]. A partir do [lançamento do] disco, eu vou sair com essa turnê, que vai ser nova e, provavelmente, a gente vai fazer o segundo semestre trabalhando (sic) nisso, viajando o Brasil [com esse show].

Postado 19 de Setembro de 2019
Por Lola Dias

Posts Relacionados

2019-09-18T16:43:14-03:00