fbpx

Descubra os encantos da América do Sul

Tudo começou quando li uma matéria no blog Rodando Pelo Mundo sobre a busca de pessoas para viajar de carro pela América do Sul. Tive dois meses para me planejar. Foi quando surgiu também a ideia da Expedição Killa – a Deusa inca da lua e protetora das mulheres.

Foram dias cheios de histórias para contar, momentos inesquecíveis, em lugares incríveis, com pessoas que nunca esquecerei. São muitas as lembranças que valem a pena recordar: quando os sete aventureiros – como nós nos chamávamos durante a viagem – se conheceram em Porto Alegre, o primeiro acampamento em um posto de combustível já no Chuí, o Réveillon em Punta del Este, a chegada ao Fim do Mundo, as inúmeras hospedagens pelo caminho, as deliciosas comidas típicas, o impactante paredão de gelo de Perito Moreno, o lindíssimo Deserto do Atacama, os amigos que deixamos, as infinitas conversas, as refeições rodeadas de vários idiomas nos hostels e o espetacular Salar de Uyuni.

Com certeza foi a viagem mais emocionante, inspiradora e reveladora que fiz até hoje, por vários motivos: tudo começou com pessoas que até então eu só conhecia pelas redes sociais; por ser uma viagem de carro que demandava muita atenção, pois tínhamos que percorrer estradas totalmente diferentes, e a cada curva era uma (grata) surpresa; por termos um roteiro predefinido e que muitas vezes alteramos em busca do desconhecido; alguns dias, acordávamos em um país e dormíamos em outro; pelo fascínio de lidar com imprevistos, o (des)necessário, pessoas de perfis tão diferentes, o novo, os prós e contras, os “perrengues”, os dias sem rotina e histórias tão distintas a cada dia.

Quero, sim, continuar viajando, enchendo minha vida de experiências e boas vivências, daquelas que não se veem somente nos livros e filmes. E, de alguma maneira, poder contribuir para que você também tenha vontade de ir, sem medo, com a mente aberta, a alma lavada e o coração cheio de boas vibrações.

De todos os lugares que conheci nessa viagem, destaco:

Montevideo, a linda e mais jovem capital da América Latina, e a maior cidade do Uruguai.

Colonia Del Sacramento, um vilarejo encantador no Uruguai, cujo pôr do sol é considerado o mais bonito do mundo.

Ushuaia, a fantástica e surpreendente cidade no “fim do mundo” e a capital da Província da Terra do Fogo, na Argentina. Muitas opções de passeios, pontos turísticos e atrações inigualáveis, onde o turista é muito bem recebido.

Puerto Madryn, um importante centro turístico para prática de esportes náuticos, é a capital nacional do mergulho, onde baleias, leões-marinhos e pinguins podem ser vistos bem de perto.

Perito Moreno, glaciar de 250 quilômetros quadrados de superfície e 30 quilômetros de extensão, impressiona por sua beleza e tamanho. É Patrimônio da Humanidade segundo a UNESCO e fica aos pés da Cordilheira dos Andes.

Villa La Angostura, encantadora e com muitas opções gastronômicas, fica muito próxima de Bariloche, na Argentina.

San Rafael, no coração de Mendoza, é a capital do espumante e o local ideal para praticar rafting, trekking, windsurf, pesca, mergulho, parapente, rapel e rally em áreas de incrível beleza natural.

Mendoza, uma cidade linda, limpa, organizada, arborizada e com passeios de bike free. É território de muitas vinícolas, responsáveis pela produção de mais da metade dos deliciosos vinhos argentinos.

Purmamarca, na Argentina, é uma vila andina com pouco mais de 2 mil habitantes, ao norte do país, onde encontra-se o belíssimo Cerro de los Siete Colores, com mais de 70 milhões de anos.

San Pedro de Atacama, no norte do Chile, a 2.440 metros acima do nível do mar, é considerado o deserto mais alto e mais árido do mundo, com belíssimos e inúmeros passeios em que se pode ver: montanhas nevadas, dunas, penhascos, vales, lagos coloridos, gêiseres.

Iquique, uma bela cidade litorânea a 554 quilômetros do Atacama, com o mar do Pacífico ao fundo, tem a maior zona franca da América do Sul, além de cassinos e vida noturna agitada.

Arequipa, conhecida como Cidade Branca, encontra-se aos pés de três vulcões (El Misti, Chachani e Picchu Picchu) inativos há milhões de anos. É a segunda cidade mais rica do Peru, e nomeada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Cusco, no Peru, fica no sudeste do Vale Sagrado dos Incas, local de muita história para contar e fôlego para perder – culpa da altitude, já que é uma das mais lindas cidades da América, a quase 4 mil metros acima do nível do mar.

Puno, a pequena cidade ao sul do Peru, tem entrada para o Lago Titicaca – o lago navegável mais alto do mundo e suas famosas ilhas flutuantes de Uros e Taquile. É totalmente diferente do Lago Titicaca do lado boliviano, com entrada por Copacabana e barcos que saem para a Ilha do Sol, local sagrado dos Incas.

La Paz, a oeste da Bolívia, é a sede administrativa do governo e fica a 3.660 metros de altitude. Com mais de dois milhões habitantes, é a cidade mais populosa do país e a que toca as nuvens.

Salar de Uyuni, na Bolívia, é o maior deserto de sal do mundo, com 10.582 quilômetros quadrados e cerca de 25 mil toneladas de sal, numa profundidade estimada de 120 metros. Impressiona com tamanha beleza, e as fotos tiradas no local ficam lindíssimas, pincipalmente quando há espelhos d’água.

15 de Julho de 2019
Por Daniele de Andrade
  • Conheça a América do Sul
  • Os encantos da América do Sul

Posts Relacionados

Irã

Destino Certo|

Cristiano Xavier é um mineiro que ama fotografar. Ele escolheu viajar para o Irã para aprender um pouco mais sobre sua cultura milenar e ver de perto todas as restrições que fazem desse país um destino cobiçado por muitos fotógrafos.

Voluntariado na África

Destino Certo|

Lucia Caldas é apaixonada por viagens, fotografias, culturas e povos. Ela conta sobre sua viagem para a África e como o voluntariado impactou sua maneira de ser e de ver no mundo.

2019-06-12T11:27:28-03:00