É mais BARATO COZINHAR no GÁS ou no FOGÃO de INDUÇÃO “100% ELÉTRICO”? 💸

Post Content

⚡️ AULA GRATUITA: Como Fazer Uma Instalação Elétrica Completa do Zero, Com Facilidade, Mesmo que Você Não Seja Um Eletricista Profissional:
➽ https://engehall.com.br/aula?src=yt1-vd939
——

✅ Gostou desse vídeo?
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
✍️ Deixe seu comentário
📢 Compartilhe com os amigos
🕵 Siga nossas redes ➽ https://engehall.com.br/links
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
Venhamos e convenhamos, o gás de cozinha está caro pra caramba.
E a energia elétrica então? è bandeira vermelha, é bandeira de escassez hídrica… enfim…

Mas infelizmente é neste momento que precisamos encontrar soluções… digamos “alternativas” para economizar um dinheiro no final do mês, e ainda assim, manter nossas necessidades básicas em dia.

E atualmente um equipamento que tem ficado cada vez mais famoso é o tal fogão de indução, um equipamento 100% elétrico que dispensa o uso do botijão de gás, ele gasta apenas energia, será que vale a pena?

Pensando nisso, resolvemos sanar uma dúvida que passa na cabeça de muitas pessoas:
É mais BARATO COZINHAR no GÁS ou no FOGÃO de INDUÇÃO “100% ELÉTRICO”?

Sobre o tema de hoje, para comprar o fogão a gás com o fogão de indução, primeiro precisamos saber qual o consumo de gás do queimador, ou seja da boca de um fogão a gás. E este valor é informado no manual do fogão.

No site da Copagaz eles ensinam a fazer este cálculo. Para isso precisamos usar a seguinte fórmula
Gasto = (((T/60) x Kg/h)/B) x PB

Onde: T = tempo de uso em minutos;

Kg/h = consumo do queimador (ver no manual do fabricante do fogão);

B = capacidade do botijão (13 ou 45 kg);

PB = preço do botijão de gás na sua cidade.

Bom, vamos usar o exemplo que está no site, porém fazendo alguns ajustes.

Vamos supor que você use o seu fogão por 60 minutos por dia. Segundo a Liquigás, o gasto médio de um fogão de 4 bocas em fogo médio durante 1 hora é de 0,225kg/h.
Além disso, você está usando um botijão P13, cujo valor pago por ele foi de R$120,00.
Então temos o tempo de 60 minutos, o consumo das 4 bocas do fogão de 0,225 kg/h, a capacidade do botijão de 13kg e o preço do botijão de R$120,00. Agora basta inserir estes valores na fórmula. Sendo assim temos:

GASTO = (((60/60) x 0,225) / 13) x 120
GASTO = ((1 x 0,225) / 13) x 120
GASTO = (0,225 / 13) x 120
GASTO = 0,017 x 120
GASTO = 2,04

Ou seja, se você cozinhar em fogo médio usando as 4 bocas do fogão durante 1 hora por dia, você terá um custo diário de R$2,04. Se manter este consumo, no mês você terá gasto em torno de R$62,00

Agora, vamos ver o consumo de um fogão a indução. Vamos utilizar como base o modelo CYB40P2 da Midea. Ele possui 4 áreas de cozimento, o que seria equivalente às bocas do fogão. Tem 1 de 1400W, duas de 1800W e 1 de 2400W, totalizando 7400W de potência. Ele possui 9 estágios de aquecimento, porem vamos nos ater aos estágios de 4 á 6 que são os estágios de temperatura média, assim como fizemos no fogão a gás.

Sendo assim, vamos pegar a potência total do fogão a indução, dividir por 9 e depois multiplicar por 5 para saber qual a potência total que o fogão a indução irá consumir no estágio médio.
Então temos 7400 / 9 = 822W
822 x 5 = 4110W
Então em 1 hora, o fogão a indução irá consumir 4110W/h de potência.
Para saber quantos kW são, basta dividir por 1000.
Desta forma temos 4110 / 1000 = 4,11kW/h.
Aqui em BH, o valor do kW/h esta custando atualmente aproximadamente R$1,00. Então, se você usar este fogão a indução, por dia você terá um gasto de R$ 4,11, e no mês irá te custar irá custar aproximadamente R$124,00. praticamente o dobro do gás né.

Mas é claro que estes valores podem mudar para mais ou para menos por vários fatores, por exemplo da quantidade de pessoas em casa, do valor do kWh da sua região, da potência de seu fogão a indução, do tempo que você demora para fazer a comida…. enfim, vai depender de você fazer estes ajustes conforme a sua realidade e necessidade.

Vimos também muita gente dizendo na internet, nos vídeos que pesquisamos, que o tempo de cozimento no fogão a indução é menor do que no gás, que ele aquece o alimento com mais agilidade e tal, não chegamos a testar na prática, mas como vocês viram pelas nossas contas pra valer a pena financeiramente, teria que cozinhar em menos da metade do tempo, o que acho difícil de acontecer.

Também cabe fazer outras observações, entre vantagens e desvantagens.

Engehall Elétrica

Vídeo original no link a seguir: Read More

Comments are closed.