Copa Sul-Minas: competição teve poucas edições, mas é lembrada até hoje

A Copa Sul-Minas foi uma competição extinta do futebol brasileiro, criada devido ao descontentamento de clubes de Minas Gerais e do Sul do Brasil com as rendas da Copa Centro-Oeste e Copa Sul, e devido a força do Rio-São Paulo.

Através das insatisfações, os clubes mineiros decidiram se juntar aos gaúchos, paranaenses e catarinenses, para idealizar uma nova competição pela CBF, a qual teve início no ano de 2000. Cada federação podia escolher seus representantes e foi um torneio classificatório para a Copa dos Campeões.

A Copa Sul foi realizada entre os times do sul do Brasil (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná). A única edição da Copa Sul foi vencida pelo Grêmio em 1999. A disputa da copa foi com 12 clubes, na primeira fase teve 3 grupos com 4 clubes cada. 

Os grupos eram A, B e C. Se classificavam os 2 primeiros colocados de cada grupo para a segunda fase. A segunda fase teve os grupos A e B com 3 clubes cada grupo. Passavam dois de cada grupo para a fase final. A fase final teve as semifinais e a final. O Grêmio venceu a final e se classificou para a Copa Conmebol e a Copa dos Campeões entre 2000 e 2002.

O surgimento da Copa Sul-Minas

A Copa Sul-Minas de 2000 foi a primeira edição deste torneio de futebol, realizado entre os clubes de Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Os jogos foram projetados para janeiro e terminaram em março. O campeão foi o América Mineiro que venceu na final a equipe do Cruzeiro. Os dois clubes garantiram participação na Copa dos Campeões de 2000, a competição contou com 12 clubes de quatro estados.

A Copa Sul-Minas de 2002 foi a terceira edição deste torneio, o campeão foi o Cruzeiro, que venceu na final a equipe do Athletico Paranaense. Em 2001, um ano antes, também foi o campeão da competição, venceu o Coritiba. Então, sagrou-se o primeiro bicampeão da competição. Os quatro semifinalistas garantiram vaga na Copa dos Campeões de 2002.

Fundação da Liga Sul-Minas

Após 3 edições, a Copa Sul-Minas foi suspensa. O último torneio foi disputado em 2002. Para o ano de 2002, foi fundada a Liga Sul-Minas. Sendo uma Liga de clubes, o campeonato era administrado pelos próprios clubes e não por uma federação. 

A competição era financiada pela Rede Globo, que vendia os espaços publicitários ao redor dos gramados, transmitia os jogos e repassava parte do lucro aos clubes da Liga. O contrato entre a emissora e a Liga tratava dos valores em dólar. Com a subida no preço do dólar, ao final de 2002, o contrato deixava de ser interessante para a Rede Globo.

Neste contexto, a Rede Globo e a CBF uniram forças para acabar com as Ligas e reerguer o Campeonato Brasileiro, o que incluiu o fim do Rio-São Paulo e da Copa do Nordeste. A Globo ofereceu benefícios aos clubes, para que influenciados aceitassem a decisão. Na reunião da votação, foi o voto final do Sport Club Internacional que determinou a extinção da Liga.

Comments are closed.